93 comentários

O Atlético saiu na frente na luta contra o São Paulo. Com o apoio de Marin, Alexandre Kalil conseguiu. Juízes estrangeiros nos confrontos da oitavas. O paraguaio Antonio Arias apitará no Morumbi…

26 de abril de 2013 às 15h24

* preenchimento obrigatório


Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
  1. Wilson Sampaio apitou a partida entre os dois na fase de grupo.

    E teve uma ótima arbitragem.

  2. Como assim o fato de ter árbitro de fora será favorável ao Atlético? Quer dizer que se fosse brasileiro ele favoreceria o São Paulo? Cosme, a questão é que gato escaldado tem medo de água fria. Podem dizer que é choro, mas quem já sofreu muito na pele o efeito do favorecimento brasileiro a paulistas e cariocas, deve se resguardar sim.

  3. Não vejo problema algum em ter árbitro de fora, é até melhor, pois dá o aspecto internacional da Libertadores. Assim ninguém protege Ronaldinho, Bernard, LF9, R. Ceni, etc. Vence o melhor. Ponto.

  4. Cosme, respeito demais seu trabalho mas antigamente o Atlético era passado para trás e não tinha trabalho nos bastidores, hoje é diferente, infelizmente os clubes paulistas e cariocas sempre foram mais influentes e não vejo nada demais um presidente tratar dos interesses do seu clube.
    A arbitragem brasileira precisa de uma reciclagem e defendo sempre arbitros de fora nos confrontos de brasileiros na libertadores.
    lembrando o triste episódio do Serra Dourada em 1981 Sr. José Roberto Whrigt.

  5. Realmente Cosme, nós Atleticanos sabemos o quanto é importante ser bom também nos bastidores, ajuda e muito!

  6. Cosme, só uma retificação no seu post. Quando vc disse são paulino convicto, lê-se, político (tentando sobreviver a qualquer custo) convicto... grande abç

  7. Muito engraçado, você, Elvis. Deve ser mesmo por causa de um complô gigantesco que o teu time não ganha NADA, eu digo N A D A de relevante há mais de 40 anos! Caramba!... ou o MUNDO está contra o teu time cavalo paraguaio ou talvez vocês sejam a maior piada do futebol nacional!!!!

  8. Futebol é no campo.. e vamos vê o que dá e não é demérito nenhum perder para um clube menor como é o CAM. Eu nem sei a ultima vez que esse time ganhou um titulo.

  9. Putz, precisou o Kalil pedir para este jogo ter arbitragtem internacional???
    Acho que TODOS os jogos, a partir das oitavas, com confrontos entre times brasileiros, tem que ter, POR OBRIGAÇÃO, arbitragem de fora...

  10. Esse Kalil e fanfarrão. Ele está unindo o J. Juvencio e o Andres Sanches, depois não chorem pelo leite derramado. Juvenal Juvencio na FPF e Andres na CBF. já pensou ?