185 comentários

E se fosse ao contrário? Um boliviano de 17 anos da organizada do San Jose tivesse confessado matado um menino brasileiro, corintiano no Pacaembu? As desculpas, as coincidências seriam aceitas? A punição do San Jose seria anulada pela Conmebol?

25 de fevereiro de 2013 às 11h01

* preenchimento obrigatório


Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
1 2 3 4 5 Próxima
  1. Simplesmente parabéns, este comentário seria ideal em um pais de 1º mundo, não um de 5º, o que é de chorar, só tem um detalhe infelizmente, o povinho deste pais não vai entender o que você escreveu, o que é lamentável, pois aqui já perdi a esperança disso aqui melhorar, esse povinho que vive aqui é lamentável... Parabéns Rimoli!!!!

  2. O Corinthians tem que ser punido? Claro que tem! Mas não podemos nos esquecer o que os torcedores de nossos co-irmãos já realizaram no passado, com requintes de crueldade muito maior, e nada aconteceu às torcidas ou aos respectivos clubes. Confira!
    - 23 de Janeiro de 1992: Rodrigo de Gásperi, 13 anos, corintiano, morreu atingido por uma bomba lançada por são-paulinos no estádio do Nacional (Rua Comendador Souza) em uma semifinal de Copa São Paulo.
    - 04 de Dezembro de 1993: Ricardo Lemos Santos, 16 anos, são-paulino, alvejado e morto a tiros por palmeirenses.
    - 15 de dezembro de 1994: Paulo Sérgio Costábile Elias, 31 anos, corintiano, alvejado e morto a tiros por palmeirenses. Paulo Sérgio morreu nos braços do ex-tenista Jaime Oncins, seu amigo de infância.
    - 20 de Agosto de 1995: Márcio Gasparin da Silva, 16 anos, são-paulino, morto a pauladas na cabeça por palmeirenses, na batalha campal que ocorreu no gramado do Pacaembu, após a final da Supercopa São Paulo de Futebol Junior.
    - 20 de abril de 2000: Vagner José de Lima, 18 anos, corintiano, espancado, baleado e morto por são-paulinos.

    Então, os assassinos são apenas os corinthianos? A hipocrisia, o clubismo e a falta de vergonha na cara é o feitio claro de todas as torcidas! Sou a favor da extinção de todas as torcidas organizadas em todo o Brasil.
    Marcelo, você foi até modesto. Houve inúmeras mortes. Em 2012, há 23 conhecidas. Só no ano passado. Isso precisa acabar. Os clubes têm de ser responsabilizados pelos atos de seus torcedores. São ligados, sem discussão. Foi dado o primeiro passo, repito. Cosme Rímoli...

  3. Se fosse ao contrário Cosme, seria pior você não lembra o caso do Grafite, o estardalhaço que fizeram sobre o jogador argentino que xingou o Grafite, e foi só xingamento.

  4. Se fosse ao contrario o caso já estaria encerrado.
    É só voçe ler os comentários de torcedores de outros times.
    Os torcedores do Corinthians, são chamados de marginais, ladrões, analfabetos, etc...
    Então meu amigo, se fosse ao contrário, o caso ja estava encerrado, porque foi apenas mais um bandido que morreu.

  5. Olá, lendo o post acho que seria mais verossímil um viés social e econômico. O Brasil é a "potência" sul americana. Maior território, maior população e maior PIB da região, assim, os bolivianos tem em relação aos brasileiros uma impressão parecida a que nós temos aos norte-americanos. Um misto de admiração e ojeriza. Por isso façamos observação. LA Lakers, um dos maiores times do mundo, jogando contra o Franca num ginásio de Franca e de repente um Wasp atira um rojão contra um menino brasileiro, o menino morre, as imagens são inconclusivas. A policia paulista prende 12 americanos e no meio das investigações, do nada, no programa da Oprah aparece um garoto dizendo que quem atirou teria sido ele, que os americanos presos são inocentes.
    Como as autoridades brasileiras deveria agir? concluir as investigações, independente da entrevista, ou achar que o menor disse a verdade e soltar todo mundo. Punir os 12, se culpados, de acordo com a legislação nacional, ou deixar a cargo dos americanos a punição de um crime que não aconteceu em seu território.
    Não importa em que situação o crime ocorreu. Um crime ocorreu!!! as investigaçoes tem que ser feitas. o responsáveis punidos, seja no Brasil, na Bolivia ou Conxinchina. Se os criminosos são corintianos, rubro-negros ou atleticanos, foda-se, não importa.

  6. Pense numa família bilionária no país mais pobre da América do Sul. Seriam os tais donos das Organizações Planeta. Grande, Cosme!

  7. Acho que deve haver punição para os dois clubes, ainda mais para o boliviano. Na Bolivia o artefato é liberado. Acredito que uma torcida não queria provocar um estádio, em outro país. E se fosse no Brasil, os torcedores não iriam para prisão (lembram o caso do Legacy e o acidente aéreo? Onde estão os pilotos?) Agora é muita covardia apresentar esse menino desta forma.

  8. Marcos/Anapolis - 25/02/2013 - 06h23

    Faltou o item 7 ai na sua lista.

    7- quarta-feira em SP. Baderna, destruicao, arrastoes, assaltos e possivelmente ASSASSINATOS na regiao do bairo do Pacaembu.

    Vem muito mais por ai.

    small, nada eh MEROR !

  9. Cosme, a hora e' agora. Por decreto Presidencial, acabem-se com todas as organizadas no Brasil. Puna- se o Corintians com exclusao da Libertadores. Assim Como em Santa Maria, cobre-se uma indenizacao milionaria do municipio e do governo do estado. Esta na hora de moralizar este pais. O POVO vai aplaudir de pe'. Se nao for agora com Estes precedentes nao sera nunca mais.

  10. E se fosse proibido levar sinalizadores e fogos,pro Estadio?nada disso teria acontecido.Essa palavra "E se"tem que sair do vocabulario,A torcida é de pessoas,cada um é responsavel pelo seu ato.Vai Corinthians.

1 2 3 4 5 Próxima