61 comentários

A triste história de Lulinha, o maior arrependimento de Andrés Sanchez no Corinthians. Se deixou levar pelos 297 gols na base e por Wagner Ribeiro. O menino de US$ 50 milhões não foi para o Barcelona, Real, Chelsea. Desembarcou de graça no Ceará…

11 de fevereiro de 2013 às 11h45

* preenchimento obrigatório


Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
1 2 3 4 5 Próxima
  1. Olá, Cosme.
    Quero te elogiar pelo excelente jornalista que você é. É muito difícil achar jornalistas bons e competentes que façam um jornalismo sério e sem ufanismo.
    Quando li esse post me lembrei da entrevista que o Andrés concedeu ao Roda Viva da TV cultura quando perguntado sobre as categorias de base. Ele disse que com relação ao Lulinha não tinha o que fazer se não pagar o que o empresário determinou com possibilidade de perder a jovem promessa do futebol nacional. Imagina se o Lulinha fosse pra outro clube e desponta-se como um Neymar da vida? O tanto de gente que iriam chamá-lo de incompetente e iriam querer sua cabeça não estava escrito nas estrelas.
    Ou seja, foi obrigado a pagar o que o empresário pediu, muito mais do que valia o jogador, enquanto ao Dentinho, pagou uma merreca pra mantê-lo no clube. Um vigou, outro não. Coisas do futebol.

  2. Me faz lembrar outro caso: "Gil é melhor que Kaká" - Roque Citadini.

  3. O Lulina naum deu certo, mais o Romarino deu serto. E tb tem o Zisao que é melior do que a caloupissita dos lambariu da vila de seu Delmiro.

  4. IDOLO DOS IMUNDOS.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    MAIOR REVELAÇÃO DOS ULTIM OS 50 ANOS NO TERRÃO!

  5. Perfeita a colocação do Reginaldo_Matão, que por incrível que pareça é corinthiano, só acrescentaria que o Fred só está neste grupo seleto pelo seu senso de colocação, nisso ele é o melhor. Hj vendo a Uefa Champions vi o quanto joga bola esse tal da Javier Pastore e pensar que entre ele e Defederico, o corinthians escolheu o Defederico e perdeu muito dinheiro. #dedecadeorafinha

  6. Sair do maior clube do Brasil de graça pra ir jogar num clube de baixo nível q está acostumado a jogar na segunda divisão e lutar pra não cair pra terceira. É fim de carreira aos 22 anos. Ceará é um timeco!

  7. nem sempre se ganha esta historio e veridica e fato mais duvido se nos outros nunca houve o conto da cinderela e so olha pro bambi venderam um jogador dizendo ser a cinderela e por uma fabula e longo longo vai se transformar numa abobora e tem o outro caso do bobinho do baiacú santista que saiu na mar dizendo que nao dava pra viver no brasil pois estava perigoso a baixada ,,,enfim de melhor do mundo passou a ser um jogadorzinho de mera quinta e sem falar no caicai que qd vai pra fora do pais seu futebozinho some ..tb la nao tem que apite por ele ...
    coisa da vida ne...e seguimos em frente....

  8. otimo texto Cosme, acho quee seria legal vc tbm fazer um do Lenny jogador que surgiu como destaque no Flu e hoje vive esquecido, perambulando por ai...grande abraço!

  9. Cosme, estrou estranhando você ainda não ter comentado o péssimo início de ano do Santos, afinal, tendo apenas o Paulistão como foco e tendo o gênio Neymar em campo, estão com uma campanha ridícula.
    Esperava que estivessem esmagando os adversários, igual aquele Palmeiras dos 100 gols, mas nada, perdendo e empatando com os pequenos...

  10. Estes exemplos como o Lulinha e o Defrederico, tiveram pontos positivos e negativos, os positivos foi que fizeram o Corinthians aprender a trabalhar direito com contratações e revelações do time, não empolgando com qualquer DVD ou expondo promessa de base. O lado negativo foi abandonar a base formadora e apostar em contratação do bom e barato (devo disser que esta dando certo, Ex. Ralf, Paulinho, Edmilson, etc.), e perder alguns bons negócios como por exemplo o do Vargas (hj no grêmio) que foi oferecido bem barato para o Timão antes de estourar no Chile, mas é assim mesmo, agora o time acorda e vai montar um CT digno para a garotada.

1 2 3 4 5 Próxima