31 comentários

Bolivar e Guiñazu foram embora. D’Alessandro, Índio e o restante do milionário grupo já sabem. No Internacional só existe espaço agora para um líder. E ele se chama Dunga…

5 de janeiro de 2013 às 9h07

* preenchimento obrigatório


Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
  1. Boa tarde Cosme. Ano ruim para o Inter esse 2012 eim, meu pai Colorado fanático sofreu. Ele gostou do Dunga no comando e disse que esse ano vai ser bom. Tomara que sim para alegrar o coração do meu velho. Abraço.

  2. Salve, Cosme!

    Como colorado não poderia deixar de enviar o meu comentário, é por aí mesmo! Só gostaria de fazer algumas pequenas ressalvas. Aqui no sul se fala também em Kleber e Juan (isso mesmo o que chegou "ontem" e ainda nem jogou.)como lideres fortes do grupo (e não necessariamente pacíficos.) Mas ambos já foram condicionados por Dunga também e certamente já entenderam! E a um pequeno detalhe que contribuiu para a guerra instalado no vestiário colorado! A frase: "Zona de conforto!" Fernandão num momento de irritação total com o péssimo jogo do time diante do Sport definiu o grupo colorado através deste termo aí a situação só foi de mal a pior e ele acabou sendo "traído" pelo seus próprios "amigos"(sim era desta forma que Fernandão tratava seus comandados)! E o ano finalizou com uma suspeita de boicote dos lideres no grenal! E aí Fernandão é chamado pela diretoria e deixa o clube!
    Foi vergonhoso este ano para o meu Inter! Mais como lhe passaram acreditamos que em 2013 a história vai ser diferente!

    Abraços!

  3. Meu Deus.... lendo esse tipo de post que eu acredito que existe sim a possibilidade de o fim do mundo estar cada vez mais próximo. Ter um time de futebol em que se tem esse Índio, que é um jogador ruim pá diabo e esse Bolivar, que também é outro grosso, como líderes é o mesmo que colocar dois serventes de pedreiro como engenheiros ou arquitetos de uma obra.

  4. Cosme, o Guiñazu é um jogador que tinha espaço em qualquer time grande do Brasil, muito estranho esta ida para um time do Paraguay não????

  5. Parabéns ao dunga pela coragem de limpar o elenco. Quiçá no meu Palmeiras as coisas fossem assim. Com certeza dunga fará um bom trabalho no inter e foi muito injustiçado na seleção.

  6. Os bons entendedores já sacaram que vai ser o exatíssimo Dunga da seleção (para quem goste ou não), e eu acredito que com os mesmos resultados broxantes (Copa América = Gauchão, Copa das Confederações = se classificar entre os quatro para a Libertadores, SE chegar ao fim do Brasileiro) e possivelmente com a mesma saída traumática, afinal ninguém se acha na obrigação de medir palavras com um "homem de ação". E nunca entrou na minha cabeça como o Fernandão é ídolo no Internacional. Não reconheço nele toda essa personalidade, nem acho que ele seja assim tão identificado com o clube. Eu acho bem forçada essa veneração que os colorados tem com aquela Libertadores de 2006, mas isso tem em outros times: por exemplo, eu nunca achei o Vágner Love palmeirense. Nunca foi meu ídolo, não entendi porque foram atrás dele em 2009, não sei como tem torcedor que falava "se ele voltar, só pode voltar pro Palmeiras!" Por quê? Tem uns ídolos que são barra forçada, e o Fernandão pra mim é um deles.

  7. Excelente contratação do Internacional, a melhor em anos ! Dunga é um técnico competente, pena que foi sabotado na Copa do Mundo.
    O jogador de futebol precisa entender que ele não é e nunca será maior que o clube onde atua, devendo respeito à toda tradição, à torcida e aos próprios companheiros.

  8. O problema é liberar os caras de graça. Isso é amadorismo.

  9. Grande Dunga acho que ele é quem deveria ser o Técnico da Seleção.

  10. Dunga tem tudo pra colocar ordem na casa. Incrível como alguns jogadores conseguem minar o ambiente dos clubes. Inaceitável um time com a folha de pagamento do Inter terminar a temporada com os resultados que obteve.