Blog do Cosme Rímoli - Comentários sobre Diante da omissão da Fifa, uma atitude digna contra o racismo. Boateng teve a dignidade e coragem que falta a muitos. Que outros façam o mesmo na Champions, na Eurocopa, na Copa do Mundo. Futebol não é refúgio para racistas…

Blog do Cosme Rímoli

Comentários

Feed RSS para comentários sobre este post.

O URL de TrackBack deste post é: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/diante-da-omissao-da-fifa-uma-atitude-digna-contra-o-racismo-boateng-teve-a-dignidade-e-coragem-que-falta-a-muitos-que-outros-facam-o-mesmo-na-champions-na-eurocopa-na-copa-do-mundo-futebol-nao-03012013/trackback/

  1. Boa mesmo ele reagir e ter o apoio dos colegas! Agora esperar ação da Fifa,Comebol,CBF....

    Comentário por Vanderleav — 03/01/2013 em 14:33

  2. Grand Cosme! Eu sou da raça negra e o Boateng tem aqui meus aplausos, pq realmente é deprimente e patética uma cena de racismo. Só quem já passou por isso sabe o quantto é constrangedor. Parabéns por mais este post, abrasssssssssssss

    Comentário por Ray Domingos Mota — 03/01/2013 em 14:35

  3. "Racismo é racismo. Nojento, repugnante. Dentro ou fora de campo..."
    Excelente post, Cosme! Que a atitude do Boateng sirva de exemplo para os covardes e omissos jogadores brasileiros.

    Comentário por Gustavo Bregunci — 03/01/2013 em 14:53

  4. Um pouco de conhecimento da história biossocial da espécie humana é suficiente para demonstrar que a raça pura é um mito. Ao longo da história houve várias misturas racias no mundo. Por isso é no mínimo patético encontrar alguém racista.

    Comentário por Guika — 03/01/2013 em 15:01

  5. Execelente texto Cosmé. Que mais jogadores tomem essa atitude, para que este ata banal que é o recismo pare.

    Comentário por Marcus — 03/01/2013 em 15:02

  6. O Racismo está em vários seguimentos da sociedade e o esporte é mais um deles. O Racismo no futebol existe, me envergonha, me dá nojo e ânsia de vômito ver uma cena como esta, sinto como se eu fosse o alvo de tão repugnante que é. Mas outro sentimento tenho pelos que comandam o futebol e demais esportes e que nada fazem, destes eu tenho ódio. O futebol é um negócio para Fifa e marcá-lo como um esporte racista não é bom financeiramente, afasta patrocinadores, seguidores, etc. Por isso negam a existência. Por fim, você amigo que vai criticar o racismo neste post pensa bem se você não faz certas piadinhas racistas...Somos todos iguais e ninguém é mais igual que o outro.

    Comentário por Cleverson — 03/01/2013 em 15:05

  7. Pois é Cosme, sou descendente direto de Italianos, a familia toda é de carcamanos . Felizmente isso aí é coisa da minoria, mas que precisa acabar de vez .
    Pra mim é um bando de recalcados com p.. pequeno com inveja do negrão que tá com muito dinheiro e pegando mulher bonita .
    Felizmente os colegas de time apoiaram o Boateng e a maioria esmagadora da torcida tambem .
    Quem queria humilhar ... foi humilhado, foi pior que um tapa na cara .

    Comentário por Maior Campeão Nacional — 03/01/2013 em 15:18

  8. Sou um grande fã do Boateng, um grande jogador e um cara bem irreverente. Foi histórico ele dançando Michael Jackson após um titulo do Milan. A atitude que ele teve foi muito boa. A torcida de ... desse time de ... perdeu a oportunidade de ver um grande time e grandes jogadores num lugar que isso é bem raro, a casa deles. Eu me lembro que o Eto´o também sofreu um problema parecido e se retirou do campo, quando ainda jogava pelo Barcelona.

    Para ser racista não precisa ser negro, branco ou azul. Vc tem que ser "fora do padrão". Gordo, magro, pobre, feio, careca. Tudo isso é racismo e preconceito. Por mais q o Cosme condene o racismo vindo dos europeus, o Brasil é o país mais racista que existe. Já vi e ouvi muitas coisas em estádios e nas ruas com "quem é diferente".

    Comentário por Rodrigo — 03/01/2013 em 15:18

  9. So do Boateng mesmo que esperava uma atitude dessa. ele é diferenciado e nao paga sapo pra ninguem. Se todos os jogadores tivessem essa atitude e a fifa ja tivesse cobrado a altura o racismo no futebol ja tinha deixado de existir!!!!

    Comentário por Lawrence Belchior — 03/01/2013 em 15:19

  10. Excelente Boateng!!!! Pior foi o número 6 desse time pequeno querendo aparecer e seguindo o Boateng desde começo da confusão... lamentavel! Não basta apenas os negros se rebelarem, e sim todos os jogadores principalmente os brancos e os jogadores do proprio time cuja a torcida fez manifestações racistas! Ja pensou o impacto que seria se os jogadores do time abandonassem o jogo pq sua torcida insultou o jogador adversario? Seria fantastico! Concorda Cosme?

    Comentário por Hugo-DF — 03/01/2013 em 15:21

  11. Racismo é um atitude inexplicavel e inaceitável. Ninguém é melhor ou pior por causa de seu tom de pele.

    Comentário por Ednei — 03/01/2013 em 15:25

  12. Só que infelizmente ele só teve coragem de fazer isso e o time do Milan acompanhar porque era um jogo amistoso. Se fosse na Champions acho que ele enguliria em seco, se quisesse sair de campo os próprios companheiros de time viriam com o "deixa disso", isso se o juiz não o expulsasse antes. Imagina então se eles repetissem o que fizeram: a imprensa mundial ia cair matando, "e os patrocinadores?", "e a televisão?", "como vai ficar a tabela? quando vai ser realizado outro jogo? que atitude irresponsável! devia ter recorrido à FIFA em vez de querer fazer justiça com as próprias mãos!"... Mas vai ter gente aqui no blog que vai dizer que "eles" (dá pra falar em "eles" tendo nascido no Brasil?) que provocam isso, porque são rascistas primeiramente ao sairem com loiras, tingir o cabelo etc. Bom, SE fosse justificável discriminar alguém pela sua ascendência, o que certamente seria absurdo seria esse ato partir de ITALIANOS, que por outros povos da Europa (que se acham mais ainda os reis da cocada preta e até outro dia estavam comendo carne crua e tomando um banho a cada dez anos) são marcados como corruptos, desrespeitosos, pervertidos e caricatos.

    Comentário por Bia — 03/01/2013 em 15:32

  13. Eu acho que quem joga banana num atleta devia ser condenado a comer banana o resto da vida... Assim se sentiria um verdadeiro macaco... Ah e claro vivendo numa jaula e sendo estuprado todo dia

    Comentário por o_comentarista — 03/01/2013 em 15:32

  14. Nao sou fa de Scolari nem muito menos do Blatter. Sou boleiro. Mas isso que eles afirmam do que ocorre nas quatro linhas nao esta longe da verdade. Xingamentos, cusparadas, entradas violentas, etc. sao comuns.
    Nao que deveríam existir mas existem, sempre foi assim principalmente quando há algo em jogo, é um estado emocional que certamente seus protagonistas (os jogadores) nao extendem fora dessas quatro linhas nao seu cotidiano normal salvo se ha registro destas mesmas atitudes em seu convivio social e disso nao temos conhecimento. É uma conduta extremista gerada pelo ardor do jogo. No caso do Boateng a atitude dos torcedores a principio sería uma extensao disso porem é certamente possivel de que pessoas efetivamente convictas de que existem diferencas raciais estejam infiltradas e se aproveitem da situacao para liberar essas equivocadas conviccoes com essas atitudes. Por ai a reacao do jogador do Milan é mais que justificavel. Para quem realmente jogou futebol quer seja varzeano ou profissional sabe que nas quatro linhas o mundo é diferente do convencional.

    Comentário por Mario Gonzales — 03/01/2013 em 15:38

  15. Cosme,boa tarde!
    A base do racismo é a ignorancia: nossa civilização nasceu á beira da Mesopotamia,onde todos eram...NEGROS!!! Mas qdo pintam Cristo de loiro de olhos claros,vemos quão sutil o racismo pode ser.
    Agora,uma pergunta de ordem prática: e se fosse um jogo oficial?
    Abraços!

    Comentário por Umberto — 03/01/2013 em 15:45

  16. Excelente texto, Cosme ! O racismo é algo repugnante e inadmissível, seja em qual época for. Daí tamanho orgulho de ser vascaíno, time pioneiro no trato isonômico dos atletas.
    A revolução tem que partir dos próprios atletas, independente da raça, etnia ou cor. Ao longo da história tivemos belos exemplos de luta em prol da igualdade, como o Black Power, Panteras Negras. Chegou o momento da classe se unir e banir de vez essa monstruosidade dos campos de futebol.

    Comentário por Henrique — 03/01/2013 em 16:05

  17. A pergunta é:esses jogadores também são chamados de macacos no dia a dia, fora dos campos?
    Na época da escravidão por que só os negros eram escravos?
    O racismo existe e existirá enquanto o branco for branco e o negro continuar negro.

    Comentário por Stelio Nunes — 03/01/2013 em 16:21

  18. Se a Fifa não faz nada os jogadores podem fazer.

    Bela atitude do time do Milan. Grande momento de solidariedade. O Racismo tem de ser punido de forma rigorosa.

    As grandes entidades não querem fazer nada a respeito do assunto, e as personalidades do futebol também não. Quem lembra da declaração do Pelé concordando com o Blatter?

    Recuperei a info: http://esportes.terra.com.br/futebol/pele-concorda-com-blatter-quotagora-qualquer-coisinha-e-racismoquot,cc591d81c499a310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html

    Se o Rei do Futebol não ajuda seu povo?

    Volto depois.

    Comentário por Diego — 03/01/2013 em 16:32

  19. Desde 1923 lutamos contra o racismo!Força Vasco!

    Comentário por João Pereira — 03/01/2013 em 16:43

  20. Concordo com o Hugo-DF

    "O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons."
    (Martin Luther King)

    Sem jogador não tem espetáculo.

    Já passou da hora da revolução começar...

    /+/

    Comentário por Profeta — 03/01/2013 em 16:53

  21. Boa tarde Cosme. Lamentável que ainda exista isso no mundo, não só no futebol. Abraço.

    Comentário por Estevam Rodrigues — 03/01/2013 em 16:54

  22. Caramba, muito bom esse vídeo. Bela atitude do Boateng.

    Preconceito ridículo esse que impera dentro e fora de campo. Lembro também que quando o Richarlyson jogava aqui em São Paulo era muito ofendido quando entrava no gramado. Como sempre, xingamentos extremamente preconceituosos que, por sinal, não vinham apenas da torcida adversária.

    O pior de tudo é ver as 'autoridades', que teoricamente poderiam tomar alguma providência, se calarem diante das situações.

    Comentário por Henrique — 03/01/2013 em 17:21

  23. Caro Cosme, meus pais sao italianos, e realmente o racismo e um grande problema la.Enquanto a FIFA nao tomar medidas que realmente afete os culpados, isso tende a continuar.

    Comentário por Eduardo — 03/01/2013 em 17:32

  24. Fácil de resolver, com tantas camêras no estadio tem que identificar os
    agressores e serem detidos na hora.
    de preferencia por policiais negros, bombados na salinha especial!

    rs

    Comentário por André fabricio — 03/01/2013 em 17:37

  25. Cosme,você é um dos pouquissimos jornalistas de um grande veículo de comunicação brasileiro que aborda este tema tão relevante e de forma tão clara. A maioria,cinicamente, prefere ignorar e achar que "não há racismo no futebol". Você está de parabéns.

    Comentário por Lucmoraes — 03/01/2013 em 18:00

  26. "O racismo é a prova que ainda somos primitivos". O racismo deve ser guardado na lata do lixo. Abraços.

    Comentário por Jaime Ribeiro R. Filho — 03/01/2013 em 18:27

  27. Existe no BRASIL uma torcida assumidamente racista, apoiada pela sua diretoria (em sua maioria, racista) que chama os rivais de macacos nos cantos e RÁDIOS LOCAIS.

    Acho que você nao precisa de dica pra descobrir qual é, Cosme, mas mesmo assim aí vai uma: é a mesma torcida que te agrediu. Sim, além de racistas, são xenófobos.

    Comentário por Claudio — 03/01/2013 em 18:43

  28. Alguém devia ter a coragem de fazer isso num jogo da Champions ou da Libertadores. Teria muito mais repercussão.

    Comentário por Cello — 03/01/2013 em 19:29

  29. concordo com sua materia esta na hora de acabar com esta palhaçada ou sera que o maior jogador do planeta de todos o tempo é negro?michael jordan o cara foi sensacional nas quadras,manoel tobias no futsal e assim por diante a cor da pele nao interfere na capacidade da pessoa,fim do racismo

    Comentário por cleber — 03/01/2013 em 19:29

  30. Excelente post ... Só que fica uma pergunta e uma duvida no ar. Não somos todos da RAÇA HUMANA? Então onde ha espaco para o racismo. O que difere um do outro é sim a cor da pele. E o que ha de errado nisso? Há ignorancia e o maldito préconceito. Atitudes como de Kevin deveriam näo existir, até porque, em
    um universo utopico RACISMO seria algo UTOPICO.

    Comentário por Gustavo Pavan — 03/01/2013 em 19:33

  31. Pra mim tudo isso é uma bobagem...dentro das 4 linhas o pau come mesmo, e no nervosismo tanto o negro quanto ao branco se xingam. É muito coitadismo pra uma raça, com essas atitudes tomadas, eles mesmos se apequenam...não existe preconceito, existe é coitadismo!!! Se essas atitudes começarem a ser tomadas em competições valendo caneco, então o futebol vai acabar...se o alemão for chamado de alemão batata, se o afrodescendente for chamado de macaco, se o português for chamado de burro, e todos esses saírem de campo...então que se termine com o futebol.

    Comentário por edson santos — 03/01/2013 em 20:02

  32. Sou Corinthiano, mas coloquei o escuda da Inter de Milão porque o clube europeu que gosto é a Inter, mas acima de todos, sou Corinthiano. Esse Boateng ganhou meu respeito. Cabra Ómi tem que ser assim. Agir por conta própria quando sabe que não será ajudado pelas autoridades do futebol.

    Comentário por Fabão — 03/01/2013 em 20:09

  33. É... Estas declarações de Neymar e Ronaldo forçaram a barra...

    Comentário por Salmo — 03/01/2013 em 20:44

  34. Bom, tomara que essa atitude também aconteça nos JOGOS OFICIAIS, e não simplesmente em um jogo-treino, senão, vai passar batido e de nada adiantará.

    Comentário por Jr — 03/01/2013 em 20:46

  35. Ja gostava do Boateng antes, agora então virei fã.

    Comentário por DeAlDiNnNnNnN — 03/01/2013 em 21:15

  36. Como disse o Mário e o Edson, também joguei em algumas ligas amadoras, tudo vale para desconcentrar o adversário para que vacile e perca o jogo. O Edmundo, na minha humilde opinião, seria um dos maiores atacantes do Brasil, te falo que nunca vi um atacante driblar e chutar do jeito que ele fazia. Simplesmente impressionante, fdsamas sempre caia nas arapucas dos adversários. Até o Zidane caiu em 2006. O fato que estamos num mundo onde não se tolera mais isso. Mesmo procurando a polícia como o São Paulo fez, no caso do Desabato, teve consequências, Baiano e Iarley, jogadores do Boca na época, foram demitidos e voltaram para o Brasil, e a mídia na época nem veiculou essa notícia. Cabe a Fifa, Comembol e UEFA punir de forma coerente e severa as atitudes de torecedores. No campo, cabe ao arbitro como sempre.

    Comentário por Leandro — 03/01/2013 em 21:39

  37. Lamentável ainda termos casos como esse! Misericórdia!! Feliz 2013 p todos!! Twitter: @eduardobaptist7 Face: Eduardo Baptista Alves.

    Comentário por Eduardo B. Alves - Asa Sul (BSB) — 03/01/2013 em 21:54

  38. o edson santos pelo jeito é a favor do racismo,tem que existir o respeito pelas pessoas seja em qualquer area,independente se seja num jogo valendo ou nao,mas ofender a integridade das pessoas ai nao tem cabimento,é patetico seu pensamento

    Comentário por cleber — 03/01/2013 em 22:05

  39. Salve Cosme! Mas um texto perfeito meu velho. Queria ter metade de sua inspiração e detalhismo. Bem colocado e oportuno. Só peço q escreva mais sobre o NE. Vc tem gente q é fã seu por aqui! E Pelo Sport Tudo!

    Comentário por Rivaldo Neto — 03/01/2013 em 23:17

  40. Infelismente Cosme, poucos jogadores vão ter esta coragem do Boateng, pois são covardes e preferem fingir que não é com eles, racismo é nojento e absurdo assim como os nosso dirigentes que nada fazem.

    Comentário por REGINALDO - MATÃO SP — 03/01/2013 em 23:26

  41. POLITICAMENTE CORRETO COMO SEMPRE FAZENDO DA VIDA MAIS SEM GRAÇA.

    Comentário por maninho — 04/01/2013 em 00:06

  42. Fazer o quê? Essa discussão ainda vai muito longe... Vou mais além, acho que não deixará de existir por um longo tempo... Mudar a mentalidade de pessoas desse naipe é complicado, estamos no ano de 2013 e não vi muitos progressos em relação ao assunto. Preconceito não existe somente em relação a cor de pele, mas de etnias, religiões, orientação sexual, regiões de onde o cara é oriundo e por ai vai....

    Comentário por Papito — 04/01/2013 em 00:45

  43. cleber - 03/01/2013 - 10h05...meu velho não venha aqui se fazer de coitadinho, não estou pregando o desrespeito , mas quem nunca foi preconceituoso nessa vida??? preconceito não vale apenas pela cor da pele, preconceito é quando vc agride uma pessoa por RACISMO,RELIGIÃO,CLASSE SOCIAL,SEXUALIDADE,DEFICIÊNCIA,DOENÇAS,PARTIDÁRIO,APARÊNCIA,etc... quem nunca pisou na bola sendo preconceituoso por alguns desses itens citados??? se vc ainda não foi preconceituoso, meu camarada vc é um ANJO , e lugar de ANJO é no céu!!!

    Comentário por edson santos — 04/01/2013 em 01:03

  44. Então, maninho - 04/01/2013 - 12h06, o racismo é engraçado?!?
    Incrível...

    O mais ridículo dessa história toda é que a turma do deixa-disso (Blatter, Pré-Scollari etc) é sempre formada por brancos. Pergunta a um negro se isso é "do jogo"...

    Kevin KING Boateng. Restaurou minha simpatia pelo futebol.

    Comentário por Alfredo Dias — 04/01/2013 em 01:03

  45. Concordo com o Felipao.
    Só quem já jogou bola sabe o quanto é pesado o ambiente no campo.
    A questão é a agressividade e não o veículo.
    Se for para punir um, que punam todos.
    Homofobia, preconceito étnico, religioso e etc...
    Mas eu concordo com o Felipao, até pq entendo que injúria não deve ter tratamento de racismo.
    É crime, tem pena prevista, e muitas vezes o autor não é racista, apenas quer agredir verbalmente a outra pessoa.
    Racismo é segregação, não xingamento.
    Se toda vez que alguém falasse "que judiaria" eu rotulasse a pessoa de racista, eu estaria sendo louco...
    Acho inclusive uma incitação propor que as questões vinculadas ao preconceito com os negros sejam elevadas ao nível de paranóia, pois nos USA essa estratégia não resolveu o ódio racial.

    Comentário por Bruno Costa — 04/01/2013 em 01:30

  46. Queriam o quê? Que o Ronaldo falasse que era negão??

    Comentário por Roberto — 04/01/2013 em 07:08

  47. o Boateng tomou essa atitude por que era um amistoso contra um timinho de 4ª divisao, duvido q faria isso num mata mata da champions contra o barça...... e posso estar sendo contraditorio mas acho q isso vindo da torcida é abominavel mas dentro de campo faz parte, o Manoel tbm cuspiu no Danilo e nao foi punido, quer dizer, cuspir no rosto do outro pode mas ofensas q no meu ver faz parte pra desestruturar o adversario nao pode ???

    Comentário por fabinho — 04/01/2013 em 09:17

  48. O pior é que essas figurinhas repetidas continuam... NOjento e Repugnante.Falou tudo!
    Tem que parar o jogo, sair, efrentar, Isso mesmo! Alguém tem que fazer algo

    Comentário por Larissa — 04/01/2013 em 10:30

  49. Salve, Cosme!
    Gostaria de agradecer pelo seu post relatando e solicitando ações contra o racismo no futebol! É fundamental que as pessoas entendam que este é um problema ainda existente diariamente na realidade de todos nós negros! Sim eu sou negro, e cada vez que uma pessoa diz que é bobagem atos reais de preconceito racial eu penso: "Como assim!"
    E qual a importância de sua opinião? Bem uma coisa é o Boateng sair revoltado de campo, as pessoas com uma atitude politicamente correta podem expressar opiniões de apoio sem envolvimento. Outra coisa é você um repórter branco expressar sua opinião de repudio ao ato e repassando informações importantes de pessoas envolvidas no futebol com posturas distantes aos acontecimentos. Aí certamente a sociedade de forma geral irá pensar: "Bem,de fato deve ser algo de fato repugnante!" Talvez boa parte das pessoas não gostem do que acabei de dizer, mais não mi importo pois diariamente convivo com o racismo então neste tema já deixei de mi afetar por visões contrárias. Então mesmo sabendo que este não é o seu objetivo, receber agradecimentos!

    Valeu Cosme, pois o fato é: uma coisa é um negro falar ou agir de uma forma, outra é um branco atuar e informar quando o assunto é racismo!

    Abraços!

    Comentário por Rafael Gomes Xavier — 04/01/2013 em 10:52

  50. Cosme,já imaginou vc dando seu sangue, fazendo o possivel e o impossivel por uma instituição e vendo o restante de sua equipe dando migalhas e os "chefes" nem aí para nada? E NO fim tudo desmorona... Nenhum amor por maior que seja aguenta tanta deslealdade. Duvido que se Barcos visse uma equipe unida, uma diretoria empenhada e o conjunto em harmonia ele abandonaria o Barco. Não há Amor que suporte tanta falta de comprometimento, um novo Amor cura o outro Cosme afinal o Amor é Ambiguo

    Comentário por Larissa — 04/01/2013 em 10:57

  51. Recomendo a quem se sente injuriado por racismo a parar de sentir auto-piedade e se espelhar na opinião do Seedorf sobre esse episódio do Milan. Auot-piedade é para os fracos de espírito.

    Comentário por Paulo Teta — 04/01/2013 em 11:16

  52. E ainda tem gente que quer justificar,aqueles que não sabem conviver com as diferenças,é pior que um animal,esta caminhando para o inferno.

    Comentário por martins — 04/01/2013 em 13:57

  53. Este Boateng foi HOMEM....se todo jogador fizesse isso, seria maravilhoso....E pode até ser em jogos da Champions.....queria ver o Hulk ter coragem de fazer isso com aqueles russos racistas e idiotas...
    No Brasil tem racismo????

    Comentário por peixoto-pres.prudente/sp — 04/01/2013 em 18:39

  54. Em um amistoso contra um time totalmente desconhecido... ohh que grande herói...

    Porque ele não faz isso em uma Liga dos Campeões??

    Comentário por Bruno de Americana — 05/01/2013 em 23:11

Deixe um comentário

Quebras de linhas e parágrafos são automáticos, os endereços de email nunca são exibidos, HTML permitido: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Fechar esta janela.

0,320 Powered by WordPress

Perfil

Cosme Rimoli

Ganhou seis vezes o prêmio Aceesp, como melhor repórter esportivo entre jornais e revistas de São Paulo. Trabalhou 23 anos no Jornal da Tarde. Começou com o blog no UOL, em 2009. Logo se tornou um dos dois mais acessados no esportes do portal. Cobriu 'in loco' as últimas seis Copas do Mundo, seis Eliminatórias para a Copa, quatro Copas América, dezenas de finais de Libertadores, Brasileiros e Campeonatos Paulistas. Mundial de Clubes no Japão 2011. O Pan-Americano do México. Três etapas do UFC. Olimpíadas de Londres 2012. Copa das Confederações em 2013. Foi, como enviado especial, a 29 países para cobrir eventos esportivos.

Quer falar comigo?

cosmerimoli@gmail.com

Arquivo

junho 2017
D S T Q Q S S
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Home de Blogs +