42 comentários

A decadência de Adriano. Depressivo, perdido, preso às suas cervejas, não sabe que rumo dar à vida. Se tornou o jogador mais desacreditado do País. Há oito anos, desde a morte do pai, ele pede socorro. E todos fazem de conta que não escutam…

23 de dezembro de 2012 às 16h38

* preenchimento obrigatório


Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
1 2 3 4 5 Próxima
  1. Quem precisa de ajuda sou eu, professor, pobre, trabalhador, que mal consigo manter minhas contas em dia. Nem se eu quisesse, eu teria tempo para sequer pensar em me deprimir.

    Esse aí é um ... que precisa de duas coisas, primeiro uma boa ..., depois voltar a ser pobre pra ver se endireita!

  2. Descreveu muito bem a situacao. mas ha 3 pontos que acho que precisam ser reforçados.
    A- ele diz que é exemplo, modelo p criançada da favela. Nao, ele não é. Exemplo seria, se fosse um trabalhador responsavel como tantos que existem na favela e cumprisse com seus compromissos como profisional, isso nao o faz. Ele é exemplo de o que nao ser na favela, um deslumbrado que quando vence as piores dificuldades se entrega a luxuria etc etc e atitudes que destroem o que conquistou.
    B - "quero ta com meus amigos, ta junto deles" Ora, se eu sou amigo do Adriano, a ultima coisa que vou querer ehq eu o Adriano tome "uma cervejinha comigo". Ainda diria "adriano, precisamos de voce como exemplo, como atleta, como ser humano, nao beba pq isso atrapalha voce, nem eu vou beber, em solidariedade, vamos curtir junto, reconstruir essa carreira sua". Isso eh amigo.
    C - Em psicologia ha um conceito que diz "para se trocar uma lampada só eh preciso um analista. mas a lampada precisa querer ser trocada" no parece ser o caso dele. essa autosabotagem, o leva a ouvir so o que interessa a ele. Zico disse uma coisa emblemática sobre esse tipo de atitute "os jogadores precisam entender que para eles curtirem esses prazeres que o futebol dá, ele tem que cuidar da parte FUTEBOL, é ela quem garante o sucesso, o status, a mulherada, as festas, a fama, alguma reputacao. se nao cuidar do futebol" se nao for profissional, o que se ganha com o futebol se perde, e isso pode acontece de um jeito rapido e cruel.

    Nao vou me surpreender, se um dia, vendo que poderia ter sido e nao foi, abrir um jornal e ver que Adriano se matou. Vai ser triste, e está sendo triste ver isso. Mas nao foi falta de aviso de amigos, profisisonais, midia e as proprias perdas q ele ja teve como nao convocacao p copa de 2010. Isso bastaria para fazer qq profisisonal tomar jeito, se isso nao fez, nada mais fará, eu acho. De novo: é uma pena, mas acho que nao tem mais volta.

  3. Pra variar, mais um texto sensacional do Cosme.

    Quando ao adriano, não tem jeito não há nada a se fazer.

    Feliz natal cosme, tudo de bom e que 2013 seja repleto de textos sensacionais como este! sou fan do seu blog.

  4. Adriano pra mim é o novo Garrincha. Pode-se compará-lo também ao Jorge Mendonça. É claro que existem outros exemplos, mas Adriano é craque, do nível destes 2.

    Quando ele foi para o SPFC em 2008, o próprio Juvenal disse que ele era um caso sem solução. E olha que no SPFC ele teve rédea curta e foi controlado no laço. É uma pena realmente que isso se torne assim. Ele também demonstra ter muito orgulho de suas raízes, ao contrário da maioria dos jogadores, que renegam as origens quando ficam ricos. O problema é que esses mesmos "amigos" de Adriano não o ajudam, ao contrário, só o levam para a sua destruição. Quando a grana dele acabar (se já não acabou) aí sim ele estará perdido. Mais do que já está.

    Outra coisa, acredito que não se deva dar tanto ibope assim a ele, sobretudo a globo (em minúsculo mesmo), deve-se tentar ajudá-lo, ou esquecê-lo de vez.

  5. Olá Cosme, como flamenguista e brasileiro gosto muito do adriano, mas também temo pela saúde desse rapaz, medo de que ele provoque uma tragédia em sua própria vida...esperemos que ele encontre um rumo em sua vida! abraco

  6. Cosme infelizmente vivi de perto com meu falecido pai a realidade do alcolismo, uma pessoa extremamente talentosa que por não aceitar a doença desperdiçou inumeras oportunidades profissionais e pessoais.Desejo de coração que o ser humano Adriano possa se recuperar a tempo, o tempo que meu pai não teve ...

  7. Garrincha pos moderno...

  8. cosme com todo respeito quem precisa de ajuda sao milhoes de brasileiros que ganhao salario minimo nao tem condiçoes de boa alimentaçao , plano de saude pois o sus nao existe trabalha de sol s sol e nao tem esperança nenhuma de dias melhores agora esse cara ai que se envolve com bandido tem uma conta bancaria altissima e teve todas as oportunidades na vida nao merece ibope nenhum

  9. O socorro já foi oferecido , por Fla, Timão e O antigo empresario, só que o moço não quer, deixa os amigos da vila cruzeiro e as mulheres dos bailes cuidarem dele agora, na boa já não é nenhuma criança, se quer ficar assim que fique, depressão por morte de parente , eu já tive, e conheço muita gente que teve ou tem, mas aceitou se cuidar sem essa frescuraida todo desse moço.

  10. Cosme, daqui uns 10 anos você fará uma entrevista exclusiva com o Adriano, na qual ele vai relatar como um ex jogador milionário ficou pobre, se dizer arrependido de não ter aproveitado o tempo em que podia ganhar 500 mil por mês e não queria jogar, pois ficava bebendo com os amigos que hoje estão presos em Bangu 20. Vai aceitar que é alcoólatra e estragou sua vida, vai agradecer ao Ronaldo por ter lhe dado uma casa para morar e dizer que ama o Flamengo e ainda sonha encerrar a carreira lá. Essa entrevista será em 2023, o Cosme será editor chefe de um canal de esportes, o Ronaldo vai pesar 200 quilos e ser bilionário e o Marin vai tentar a terceira reeleição na CBF. Ah, e o Adriano vai cobrar pela entrevista, já vou adiantando pra você não se surpreender no final. Abraços.

1 2 3 4 5 Próxima