Em pesquisa feita pelos próprios jogadores, em 2014, ele foi escolhido como o mais violento do Brasil. Não foge de divididas. Pelo contrário. Sempre vai com raiva para a bola. Não é um jogador com habilidade. Não surge como surpresa na área.... Continue lendo