A imprensa inglesa foi cruel quando a Fifa escolheu Brasil, Rússia e Catar como sedes das Copas de 2014, 2018 e 2022. Foi além do simples despeito de o país não voltar a ser a capital mundial do futebol, depois de 1966. Para jornais, revistas,... Continue lendo