Basta prestar atenção. Luís Fabiano e Rogério Ceni sumiram. Cada um com o seu pecado que levou o São Paulo ao desespero. Os dois grandes ídolos do clube não abrem a boca. Nada de mensagem ao torcedor, incentivo, nenhuma palavra. A postura não... Continue lendo