Posts de 6 de fevereiro de 2012

Fox Sports vê pressão de Globo para que Net e Sky não mostrem o novo canal de esportes. Uma vingança pela Sportv ter perdido a Libertadores e a Sul-Americana…

AE3 Fox Sports vê pressão de Globo para que Net e Sky não mostrem o novo canal de esportes. Uma vingança pela Sportv ter perdido a Libertadores e a Sul Americana...
Os profissionais da Fox Sports Brasil estão revoltados.

Não se conformam com a falta de empenho da Net e da Sky em colocar o canal no ar.

Houve a estreia ontem, no domingo.

Mas ficou restrita às operadoras menores: Oi TV, TVA, Telefônica e Nossa TV.

Quem tiver Net e Sky em casa não poderá assistir à Libertadores no canal a cabo.

Vai depender de quem a Globo quiser mostrar na tevê aberta.

Pelo menos por enquanto.

A postura é considerada por profissionais da nova emissora como uma revanche.

Pela Fox ter tomado a Libertadores e a Copa Sul Americana da Sportv.

A vingança teria afetado até a compra da Bandsports pela emissora norte-americana.

A Globo tem exclusividade do futebol na tevê aberta no Brasil.

E o repassa a um preço camarada à Bandeirantes.

A negociação envolvendo a Bandsports para a Fox teria sido vista como uma traição.

E a Bandeirantes teve de recuar.

A briga está pesada e forte.

Jornalistas da Fox Sports recomendam a assinantes ameaçarem sair da Net e da Sky para ter direito a assistir o canal.

De acordo com eles, a Globo não iria ceder o monopólio do futebol no País tão fácil.

E está se vingando como pode...

Não há a menor previsão de quando a Net e a Sky terão a Fox Sports...

( Um dado aterrador...

Mais de 70% dos assinantes de tevê a cabo não verão a Libertadores hoje.

O Fluminense fará sua estreia na Libertadores contra o Arsenal da Argentina.

O jogo é no Engenhão.

A Globo fechou acordo para mostrar dois jogos nas quartas-feiras.

Priorizará Corinthians e Flamengo.

Hoje, por exemplo, não mostrará o Fluminense...)

Diretoria pensa em inscrever Adriano para evitar pressão de imprensa e torcida no Corinthians da Libertadores. Tite também não quer comprar briga à toa…

AE99 Diretoria pensa em inscrever Adriano para evitar pressão de imprensa e torcida no Corinthians da Libertadores. Tite também não quer comprar briga à toa...
A decisão é simples para a direção corintiana.

Não inscrever Adriano na Libertadores é a certeza de confusão.

E uma pressão desnecessária a mais no time de Tite.

Nada impede que o clube o inscreva e, na pior das hipóteses, não o utilize.

Não o inscrever é a certeza da cobrança constante da imprensa e de torcedores em todas as partidas.

Além do desperdício mensal dos R$ 380 mil ao atacante.

Ele está supreendendo por sua dedicação.

Aceitou sem problema passar toda essa semana treinando dois períodos.

E almoçando no clube.

Já ficou cinco partidas sem ser relacionado por Tite.

Isso já foi um pequeno teste.

Muitos conselheiros ligados a Andres Sanchez tinham a certeza de que ele reclamaria.

Só que o jogador está seguindo o conselho de Ronaldo.

"Cala a boca e treina", foi a recomendação que chegou até o jogador.

É o que está fazendo.

Tem tido muitas dificuldades por falta de ritmo.

Mas a gordura excessiva está sumindo.

Faz questão de usar camisas sem manga para provar.

Ele sabe que seu maior inimigo no Flamengo foi embora: Vanderlei Luxemburgo.

Mas continua magoado com a postura de Patricia Amorim.

A presidente que garantiu deixar as portas da Gávea sempre abertas a ele.

Mudou radicalmente de posição por causa de Luxemburgo.

Adriano queria jogar de novo no Flamengo depois da sua péssima passagem pela Roma.

Mas o ex-treinador impôs sua vontade e fez Patricia quebrar a promessa.

Além do mais, Joaquim Grava tem insistido que o Corinthians lhe dará a chance para voltar ao futebol.

Basta apenas levar a sério a carreira.

O médico, amigo íntimo de Andres, não para de elogiar a dedicação do jogador.

E garante que a falta ao treino depois da festa de aniversário da mãe será a sua última indisciplina no Corinthians.

Adriano realmente está preocupado.

Não quer passar pelo vexame de ficar de fora dos inscritos para a Libertadores, de jeito nenhum.

Daqui a 11 dias ele completará 30 anos.

A sua inesperada aliada na desejada inscrição é a diretoria corintiana.

Deixá-lo de fora seria incendiar o ambiente.

Liédson, Emerson, William e Jorge Henrique estão garantidos.

Ele briga com Elton e Gilsinho por uma vaga.

Tem muito mais prestígio do que os dois.

Só por isso tem vantagem.

Tite também sabe que compraria uma briga de final inesperado.

O mais fácil parece mesmo ser inscrever o problemático jogador.

Mas colocá-lo em campo é uma coisa muito diferente....

Grêmio não dá apoio incondicional a Kléber. Pelo contrário, o proíbe de usar o Olímpico para se defender das acusações de agressão da esposa. E Palmeiras respira aliviado por ter se livrado do jogador…

AE85 Grêmio não dá apoio incondicional a Kléber. Pelo contrário, o proíbe de usar o Olímpico para se defender das acusações de agressão da esposa. E Palmeiras respira aliviado por ter se livrado do jogador...
A direção do Grêmio está assustada com Kléber.

O presidente Paulo Odone não quer o clube envolvido na denúncia de agressão feita pela mulher do jogador.

Ele já avisou que o clube gaúcho não fará como o Sport.

O clube pernambucano abriu suas portas para Marcelinho Paraíba se defender da acusação de tentativa de estupro.

Odone não quer isso no Olímpico.

Até porque, como me lembra um jornalista gaúcho, Odone fez questão de mostrar o jogador um pai de família, na sua apresentação.

Falou da mulher e das três filhas que Kléber é pai...

O dirigente está profundamente decepcionado com o escândalo...

E por isso, o jogador não tocou no assunto ontem, depois do empate com os reservas do Inter.

A situação no Grêmio já está mais do que complicada.

O alto investimento nas contratações.

E o fraco futebol da equipe comandada por Caio Júnior.

Tudo já era pesado demais até que Débora Favarini foi registrar um Boletim de Ocorrência contra o jogador.

Ela alega que tomou um soco na cabeça do atacante.

O motivo foi por ela ter pego o celular do jogado e se trancado no banheiro para checar ligações e mensagens.

Com um pontapé, Kléber arrombou a porta, tomou o celular e dado o soco na cabeça de Débora.

AE39 Grêmio não dá apoio incondicional a Kléber. Pelo contrário, o proíbe de usar o Olímpico para se defender das acusações de agressão da esposa. E Palmeiras respira aliviado por ter se livrado do jogador...

Se foi proibido de falar sobre o caso no Olímpico, Kléber já está se defendendo.

Pessoas ligadas ao jogador já espalham que foi exagero da mulher.

Ela teria tido uma crise de ciúmes e tomado o celular das mãos do marido.

Tudo o que ele fez foi 'só' arrombar a porta com um pontapé.

E a porta bateu na cabeça da esposa.

No mais, tudo está 'normal'.

A esposa que foi para Belo Horizonte com a filha depois da briga e ida na delegacia estaria voltando para Porto Alegre.

E está tudo bem.

Essa é a versão dos amigos de Kléber.

A direção do Grêmio já avisou o jogador que não quer problemas particulares atrapalhando o seu rendimento em campo.

E muito menos o time.

Kléber disse que vai administrar a situação fora do Olímpico.

Como todo jogador, ele tem veículos de comunicação de sua confiança.

E vai usá-los para dar a sua versão.

Insistir que apenas arrombou a porta do banheiro com um chute.

E que a mulher teve uma crise de ciúmes.

Só isso.

Normal, acontece em qualquer relacionamento.

Taí as fábricas de portas que não o deixam mentir.

Quem não vai falar um palavra sobre o caso, mas se mostra tranquilo é Luiz Felipe Scolari.

Ele cansou de dizer ao presidente Arnaldo Tirone que, pelas confusões, não valia manter Kléber no elenco.

Um jogador que sempre 'some nos jogos importantes', na definição do treinador palmeirense.

O que aconteceu em Porto Alegre fortaleceu ainda mais Felipão com Tirone.

A direção palmeirense está aliviada por ter se livrado do jogado...

Em compensação, Paulo Odone já está tenso.

Já avisou que não vai permitir que Kléber tumultue o ambiente no Grêmio.

Mesmo tendo amigos muito importantes na imprensa...

AE19 Grêmio não dá apoio incondicional a Kléber. Pelo contrário, o proíbe de usar o Olímpico para se defender das acusações de agressão da esposa. E Palmeiras respira aliviado por ter se livrado do jogador...