"E agora?" "Agora, resta administrar o Corinthians. A hora é de pagar as contas." Esse foi o curto diálogo entre um dirigente da área financeira e o presidente do Corinthians, após a queda na Libertadores. O clube perdeu a ambição esportiva.... Continue lendo