Santos festeja gol contra a Ponte 121017 2 300x156 Santos se satisfaz com vaga na Libertadores

Santos festeja gol de Ricardo Oliveira, mas fica longe do líder (Foto: Ivan Storti/Santos)

Ele fez o gol do empate aos 44 minutos, 40 depois de Naldo ter feito 1 a 0 para Ponte Preta, mas foi para o vestiário insatisfeito com o futebol santista do primeiro tempo no Moisés Lucarelli:

- Precisamos ter mais atenção e, com a bola, mais coragem de jogar no campo da Ponte Preta. É assim que podemos fazer o segundo gol.

Ricardo Oliveira não falou em vão.

O Santos voltou com um pouquinho mais de ousadia, passou a jogar no campo de ataque, mas não deu muito trabalho a Aranha.

Final: 1 a 1.

É um Santos conformado demais este redesenhado por Levir Culpi.

Os santistas têm saudade do time vibrante que foi vice-campeão brasileiro em 2016 com 59 gols, somente três a menos do que o campeão Palmeiras.

Vice-líder, o Santos sofreu 17 gols neste Brasileirão, apenas um mais do que o Corinthians, e marcou 28, menos do que 15 outros times.

Nos últimos nove jogos, o Santos só marcou mais de um gol nos 2 a 0 sobre o Corinthians.

Foi uma exceção entre tantos resultados favoráveis ao Corinthians, como se houvesse um conluio entre os adversários mais próximos para lhe entregar o caneco mais cedo possível.

Nesta 27ª rodada, antes que o Santos aumentasse para dez pontos a distância que o separa do líder, que chegou ontem a 58 ao vencer o Coritiba por 3 a 1, o Grêmio já tinha perdido para o Cruzeiro e estacionado nos 46.

É o máximo a que pode chegar o Palmeiras, que receberá o Bahia às 21 horas no Pacaembu.

Todos trabalham em favor do Corinthians no Brasileirão e vão dar duro nas 11 rodadas finais para se garantir na Libertadores de 2018.

http://r7.com/ktCi