Posts com a tag: natação

Cielo contra o tempo

Faltam menos de 40  dias para os Jogos Olímpicos de Londres e pintou uma certeza: Cesar Cielo não terá vida fácil nos 100 metros livre.

Ele  não conseguiu se classificar para a final do torneio sete colinas, em Roma.

Com o treino de musculação forçado ainda não alcançou o estágio ideal ou o polimento adequado para grandes resultados.

Fora da final dos 100 metros e com um tempo acima dos 22 segundos nos 50 metros livre, o caminho é longo até a Olimpíada de Londres, embora possa parecer curto.

Faltam 40 dias ou 960 horas ou ainda 66.600 minutos que são 3.996.000 segundos

E ele precisa apenas de pouco mais de 21 segundos para ser bi campeão olímpico .

Quase 4 milhões de segundos daqui até a abertura de Londres 2012.

Cielo rege seu tempo em pouco mais de 21 segundos.

Aí é ouro e bi campeão olímpico.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Natação brasileira na corrida do ouro

Após o mundial de Xangai todos esperavam um show.

Afinal, o Brasil ganhou quatro ouros.

Mas quando ele se  torna real a sensação é bem melhor.

No primeiro dia das piscinas veio um ouro com Thiago Pereira e três pratas.

Thiago Pereira Agif 700x525 Natação brasileira na corrida do ouro

Medalhas que turbinaram o dia brasileiro e possibilitaram o melhor início de um Pan de todos os tempos.

Nunca o esporte brasileiro começou tão bem a olimpíada das Américas.

No segundo dia das competiçoes, as piscinas viram a estreia de Cesar Cielo e ainda uma dobradinha.

cielo2 t 20111017 Natação brasileira na corrida do ouro

Nos 100 m, Felipe França mostrou porque é  campeão mundial dos 50 m peito.

O segundo colocado foi Felipe Lima.

Ouro e prata para o Brasil.

E Cesar Cielo numa estreia devastadora levou os cem metros e conduziu o revezamento brasileiro para outro ouro.

Nicholas Oliveira, Nicholas Santos e Bruno Fratus garantiram a festa da torcida.

kaio450x338 Natação brasileira na corrida do ouro

Mas ainda tem mais: Kaio Márcio, Guilherme Guido,Thiago Pereira estão nas finais de hoje  e mais  festa deve vir por aí.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

PAN vale Jogos Olímpicos para oito esportes

Vamos pensar.

Atletas de oito modalidades podem garantir sua vaga nos Jogos Olímpicos de Londres.

Para eles, além da medalha do Pan, o passaporte pode garantir todo ciclo olímpico.

Portanto, vamos ficar atentos para natação, polo aquático, handebol, hipismo, pentatlo moderno, tiro esportivo, triatlo e tênis de mesa.

O regulamento varia para todos.

A natação vale a classificação por índice. Conseguiu o tempo, está lá.

Um bom exemplo foi o Cesar Cielo no Rio 2007.

Fez 21:84 nos 50 m e garantiu os Jogos de Pequim 2008.

O Polo Aquático vai com o ouro. Campeão continental masculino e feminino.

Handebol também se garante com o ouro. Homens e mulheres.

Hipismo também vale vaga para Londres.

Pentatlo Moderno: os campeões estão garantidos.

Tiro esportivo: os campeões das provas olímpicas vão para Londres. Triatlo: só o ouro garante.

Tênis de mesa: campeões individuais estão classificados. Não vale para nenhuma dupla.

E é no tênis de mesa que temos o brasileiro que mais ouros conquistou na história do Pan: Hugo Hoyama, dono de nove. Ele conquistou 14 medalhas no total.

Assim, para alguns o PAN vale muito.

É a própria vida esportiva.

Veja mais:

+ Curta o R7 no Facebook
+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Até tu Bruno?

natação fratus cielo hg 20110729 Até tu Bruno?

Cesar Cielo passou um mundial tumultuado.

Chegou incógnito e afastado da delegação. Treinou e foi para a audiência da Corte arbitral do esporte.

Saiu como entrou. Advertido.

Aí pulou na água e fez o que sabe. Nadou muito.

Venceu os 50 m borboleta, a segunda medalha de ouro brasileira.

Confiante, entrou nos 100 m livres para manter o título em Roma 2009, só que o tempo do australiano Magnussen, na primeira perna do revezamento 4 x 100 livre deu a entender que a disputa seria difícil.

Magnussen nadou abaixo dos 48 s.

Os 100 m ficaram distantes.

Nos Jogos de Pequim 2008, Cielo pegou o bronze nos 100 e o ouro nos 50 m livre.

Quarto lugar na final dos 100, o jeito foi focar os 50 e a grande chance do ouro.

Isso até as semifinais, quando uma história se repetiu.

Afinal, no troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro, o jovem Bruno Fratus bateu Cesar Cielo no s 100m e garantiu a vaga no mundial.

O índice era 48s74c, Bruno fez 48s 72s e viajou para Xangai.

Aí chegou na semifinal.

Bruno Fratus foi impressionante e obteve o melhor tempo do mundial-21s 76.

Cielo fez 21s79.

Os dois largam lado a lado na final do sábado. A disputa do ouro nos 50 m.

O melhor tempo do ano é 21s 66c e foi obtido pelo Cesão no Open de Paris, pouco antes do mundial.

E agora?

Bruno Fratus está confiante.Usou até a bermuda de Cielo, pois a sua rasgou pouco antes da semi.

A raia 4 é reservada ao melhor tempo, que transforma esse nadador em favorito. Bruno Fratus vai na 4.

Cesar Cielo irá na raia 5. A do segundo melhor tempo.

Nesse ano, Fratus já surpreendeu.

Cielo respirou na semifinal. Detalhe: nas decisões de medalha, ele não respira. Não tira a cabeça da água.

Uma dobradinha brasileira pode pintar num inusitado final e colocar o Brasil como o país da velocidade nas águas.

Cesar Cielo já é o número um do mundo.

Bruno Fratus, a surpresa. Aquele que pode mudar a vida em pouco mais de 21 segundos.

Sábado, a resposta a partir das 7 da manhã.

Veja mais:
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Cesar Cielo, doping ou erro?

cesar cielo 450 Cesar Cielo, doping ou erro?


O exame positivo no doping é um choque para qualquer atleta.


Um furacão é criado em torno  das suas possibilidades e performances.


Mas afinal, como foi o caso do Cielo?


O troféu Maria Lenk é a competição nacional mais importante  com os atletas defendendo seus clubes.


O laboratório Ladetec é que faz os controles. É um dos laboratórios certificados pela agência internacional de controle antidoping.


Nas amostras colhidas após as provas ,alguns atletas foram flagrados com FUROSEMIDA,diurético proibido usado para mascarar outras substâncias.


Quatro atletas foram flagrados: Henrique Barbosa,Nicholas Santos,Vinicius Waked e Cesar Cielo.


Os resultados só foram conhecidos na sexta-feira, dia 3 de junho,48 horas antes do OPEN de Paris.


Aí o presidente da Confederação Brasileira de Natação ligou para o presidente da FINA comunicando o resultado dos exames.


Julio Maglione, mandachuva da natação mundial, liberou os brasileiros para competir na França.


Na volta, eles tomaram conhecimentos de tudo.


Vilã da história, a cápsula de cafeina que todos atletas tomaram.


A farmácia de manipulação, que faz a cápsula em Santa Barbara do Oeste, desmentiu que tenha ocorrido uma contaminação cruzada, ou seja,que existissem resíduos de FUROSEMIDA na bandeja para a confecção da fórmula. Hoje, a farmácia estuda processar a CBDA por declarações falsas.


Para a farmácia Ana Terra é facil confrontar isso. Basta apresentar uma das capsulas do lote. Só que todas foram usadas. Assim é impossível dizer se houve contaminação.


Punido com advertência  pela Confederação Brasileira, que enviou os documentos para a FINA,Cesar Cielo foi assunto da imprensa internacional que considerou a pena branda.


O médico Eduardo De Rose, da agência mundial do controle antidoping, disse que a FINA não deve discordar da advertência aplicada pela CBDA. Sendo assim, Cesar Cielo disputa o mundial de Xangai e Olimpíadas de Londres.


Veja mais:


+ Curta o R7 no Facebook
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Cielo – O campeão voltou…

celao620x360 300x174 Cielo   O campeão voltou...Paris estava iluminada para o triunfo de Cesar Cielo...


Ele já havia vencido os 100 m livre e os 50 borboleta com o melhor tempo da temporada - 22s 98, mas na sua prova, os 50 livre, ele nadou solto no domingo.


O francês Bousquet perseguia também o ouro nos seus domínios, mas teve que se curvar a melhor performance do brasileiro. Fredéric Bousquet marcou 21s 78c e Cielo conseguiu a melhor marca do ano nos 50 livres: 21s6 6 cent.


Isso o coloca como o principal favorito para o mundial de natação de Xangai, na segunda quinzena de julho. Cielo treinou 12 dias no Cristal Palace, em Londres, se adaptando à estrutura que o Comitê Olímpico Brasileiro escolheu.


Aí, a Cidade Luz se curvou aos 21s 66 de Cielo que, com a sunga, já está nas marcas antigas do supermaiô.


Cesar Cielo está com tudo para o mundial e os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara.


E no mundial seu tempo será ainda melhor. É só esperar.


Veja mais:


+ Siga o R7 no Twitter
+ Torne-se fã do R7 no Facebook

+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Um novo tubarão

O Troféu Brasil Maria Lenk de natação mostrou uma nova realidade do nosso esporte e isso numa prova nobre, os 100 metros livre.

O favorito Cesar Cielo, recordista mundial da prova no mundial de Roma com 46s91c, está tranquilo e não é para menos, os 50 e 100 metros livre são seus no Brasil com qualquer marca.

A última derrota em solo brasileiro foi em 2008 nesse mesmo Maria Lenk, quando foi superado por Fernando Silva e Nicholas Santos.

E Cielo disparou na frente e liderou até os 75 metros, quando o potiguar Bruno Fratus disparou e ultrapassou o maior nadador da nossa história.

De quebra registrou 48 segundos e 72 centésimos, tempo que o coloca no Mundial de Xangai, que a Rede Record vai mostrar para todo o Brasil.

Um resultado fantástico para Bruno Fratus que está no auge da sua forma. Já Cesar Cielo não raspou (continua com os pelos no corpo) e está a 70% da sua melhor condição.

Cielo estará no auge em julho no mundial. Bruno Fratus está no ápice do seu treinamento.

Melhor para o esporte brasileiro que terá dois velocistas em forma no revezamento do mundial e no Pan de Guadalajara.

A natação brasileira sempre dá um banho nos jogos Panamericanos, porque é uma modalidade em que o tempo é o senhor da razão.

Mundial de Saltos Ornamentais aqui na Record

Juliana Veloso saltos ornamentais Mundial de Saltos Ornamentais aqui na Record


Faltam pouco mais de 180 dias para o Pan de Guadalajara, e o esporte brasileiro continua se preparando para um dos maiores eventos da nossa história.


O motivo é simples: em 2003, em Santo Domingo, nossos atletas conquistaram 123 medalhas. No Pan do Rio2007, foram 156 com uma imensa delegação presente em todas as modalidades.


Hoje, muitos atletas brasileiros estão no ranking mundial do atletismo e natação e estarão no México. Atletas de ponta que despontaram durante ou depois do Pan do Rio2007.


Cesar Cielo e essa jovem equipe da natação, com resultados internacionais expressivos, vão cair na água no mundial de Xangai, que a Record vai mostrar com exclusividade.


Por falar em cair na água, nesse final de semana, a Record News vai exibir o circuito mundial de Saltos Ornamentais, direto de Sheffield, na Inglaterra.


Na sexta-feira (15), a partir das 13h30, vocês acompanharão os melhores do mundo no trampolim e plataforma. No sábado (16), o Esporte Fantástico mostrará ao vivo as competições.


Encontro marcado, hein?


Até lá


Veja mais:


+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Faltam menos de 200 dias para o Pan

gustavo fabiana cielo blog Faltam menos de 200 dias para o Pan


Os atletas brasileiros estão na maior expectativa. Também pudera, algumas modalidades vão para o Pan para brigar pelo ouro como o vôlei masculino e feminino, a natação, com Cesar Cielo, ou o atletismo, com Fabiana Muhrer e Marilson Gomes.


Em compensação, outros terão uma batalha pela frente.


Doze esportes estão na expectativa dos Jogos de Guadalajara. Londres 2012 depende da medalha de ouro.


Para Triatlo, handebol, tênis de mesa, tênis, canoagem, hoquei sobre grama, hipismo, pentatlo moderno,tiro esportivo, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. Só o pódio garante as Olimpíadas.


Mais do que isso, é o inicio do mais importante ciclo olímpico da nossa história, que começa no Pan 2011 e termina no Rio2016.


Assim muitos jovens que estarão em Guadalajara vão chegar ao Rio 2016. Atletismo e natação podem se qualificar por índice para Londres 2012.


Raros são os atletas como Joaquim Cruz , que se tornou campeão olímpico antes de ser campeão panamericano.


Abaixo, Joaquim, que acendeu a pira panamericana no Maracanã, na abertura do Pan 2007.



Veja mais:


+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Os contrastes do esporte brasileiro

Jogos Olímpicos de Pequim - 2008

No atletismo, uma das melhores atletas do mundo, Fabiana Murer, chora porque uma das suas varas sumiu. A organização (ou desorganização) perdeu a vara da brasileira e a deixou nervosa. Vale uma explicação: as saltadoras usam várias varas com tensões diferentes para ir cada vez mais alto. A vara perdida era de altura intermediária. No outro dia, o equipamento apareceu depois da desclassificação de Fabiana.

Fabiana Murer blog Os contrastes do esporte brasileiro

A grande maioria disse que Fabiana não passaria disso. Era apenas uma atleta Panamericana, não estava na elite mundial.

Zurique, Suíça – 2010

Final da liga de diamante do atletismo

Fabiana Murer lidera o ranking mundial antes da prova. Para conquistar o título, sem depender do resultado de suas adversárias, Fabiana precisa obter pelo menos o segundo lugar no salto com vara. A atleta lidera a classificação do salto com vara no circuito com 15 pontos, cinco a mais que a vice-líder Svetlana Feofonova (Rússia) e seis a mais do que a terceira colocada Silke Spiegelburg (Alemanha).

Como Zurique é a última competição da Diamond League que soma pontos para a prova, as três primeiras ganharão pontos em dobro: a primeira ganhará oito pontos, a segunda, quatro pontos, e a terceira somará dois pontos.

Mas Fabiana ignorou tudo isso e ganhou a prova. Saltou 4,81 m e ganhou mais uma.

Mais uma?

Em março, Fabiana conquistou o título da prova no Campeonato Mundial Indoor em Doha, no Catar. Em junho, ela venceu também o Ibero-Americano em San Fernando, na Espanha, quando saltou 4,85 m, novo recorde brasileiro, garantindo seu lugar como a número dois do ranking mundial da IAAF só atrás da recordista mundial Isinbayeva.

Fabiana provou que veio para ficar entre as melhores do mundo.

E o número 1 do mundo?

Outro contraste, Cesar Cielo...

cielo blog Os contrastes do esporte brasileiro

O nadador tem arrasado seus oponentes e ganhou tudo desde o Pan 2007 no Rio. Campeão olímpico, campeão mundial, agora ficou em segundo no Pan Pacific, e alguns já acham que ele pode estar numa curva descendente. Impressionante.

Cielo ganhou de tudo e de todos, mas, ao contrário de Fabiana, está no topo e alguns percalços são normais.

Afinal não existe o imbatível no esporte, e se fosse assim, perderia a graça.

Cesar Cielo quer o ouro em Londres 2012, por isso todo esse sacrifício nos EUA, na busca da melhor marca e da perfeição.

Veja mais:

+ Acompanhe o Jogos da Juventude em Cingapura
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Página 1 de 212