Sambódromo será um dos palcos do RIO 2016

viviane araujo  Sambódromo será um dos palcos do RIO 2016

Poucos sabem, mas o Sambódromo da Sapucaí terá o Tiro com Arco e a Maratona. Foi o primeiro equipamento entregue para os jogos já em 2012 para o desfile de carnaval. A partir de 2013 vamos ver muitos enredos com temas de Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. Até hoje eu lembro do azul da piscina da Portela no carnaval de 96 , antes da Olimpíada de Atlanta.

E em 2013?

O Salgueiro levou a fama à avenida. A Mangueira empolgou. Beija Flor galopou no manga larga marchador. E a Vila Isabel, dos sambas de Noel? Para mim a Vila levou. Para começar uma letra simples e incrível que fala do celeiro do mundo e do homem do interior do Brasil. Seja do Sul, de Minas, Goiás ou São Paulo, todo interior cantou junto com o galo.

Plantação, grão e solo, Brasil celeiro do mundo. Letra de cinco bambas como André Diniz, Tonico da Vila, Leonel e dois gigantes - Martinho da Vila e Arlindo Cruz. Eu, como sempre num lugar privilegiado, vi todo sambódromo aprender a letra, entender e cantar dez minutos após o início do desfile. Sabrina Sato empolgou a bateria e o público.

Rainha de Bateria, o que é? Não conta ponto para a agremiação e se sambar mal é julgada como passista .Mas quando sabe evoluir e apresentar sua bateria aí é demais. Sabrina é boa, mas nesse universo temos divindades. No topo desta pirâmide Viviane Araujo e Gracyanne Barbosa. Salgueiro versus Mangueira. Aí, só o Belo pode desempatar.

Rainha de Bateria é posto e aqui no Rio todas têm a mesma importância. No grupo de acesso ou série Ouro, o Império Serrano tem o mesmo número títulos que o Salgueiro - 9 vezes campeão do Grupo Especial. Sua rainha Quitéria Chagas, é reconhecida como uma das maiores dos últimos 30 anos.

Outras rainhas como Rayssa, Alessandra Mattos ou Camila dominam o cenário e o imaginário.
Você não as vê na rua, shopping ou praia. Elas são de lugares que o Brasil nunca ouviu falar:
Curicica,Vila Valqueire, Pça Sáens Peña, Taquara, Madureira.

Mas entre o final do ano e Carnaval, vivem um mês de estrelato merecido. Um mês que vale por um ano. Como jogador de futebol, elas têm carreira curta e iluminada. Brilham nos sonhos e na existência. E embelezam a nossa vida.

+ Leia muito mais sobre esportes com as sugestões do R7 Livros